ExploraSampa
Você está aqui:  / Gastronomia / Está aberta a temporada 2015 da Confraria de Cervejas Especiais

Está aberta a temporada 2015 da Confraria de Cervejas Especiais

Foto: Divulgação

Na última quinta-feira, dia 23, foi inaugurada a temporada 2015 da Confraria de Cervejas Especiais, do Hotel Radisson Faria Lima, um evento bimestral que mescla degustação de cervejas com harmonização de acepipes que tenham a ver com o sabor da cerveja.

E essa edição do evento foi especial. A B4T, responsável pela assessoria do hotel, convidou blogueiros de diversas partes do Brasil (e do mundo) pra participar dessa abertura, aproveitando que vários estavam conhecendo nossa cidade por conta da feira de turismo internacional WTM – World Travel Market. E ele ocorreu no topo do hotel, que oferece uma vista incrível da nossa cidade, com suas luzes da noite. O time do ExploraSampa compareceu em peso pra conferir de perto e trazer pros nossos exploradores de plantão uma visão bem nossa do evento.

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

Para acompanhar as fotos dos blogueiros por São Paulo essa semana, acompanhe a hashtag #ExploraSampa no Instagram. E pra ver as fotos da abertura da Confraria de Cervejas Especiais 2015, confira a #confrariaRFL.

Chegando ao evento, você ganha um cartão com todos os rótulos da noite e dos acepipes, pra você marcar sua avaliação de cada uma e comentar a harmonização. E de acordo com as aulas de harmonização que tivemos da Amanda Fernandes, blogueira do Marola com Carambola e Viaja, Bi!, o segredo pra perceber a harmonização é tomar a cerveja, sentir o gosto. Depois comer o acepipe e sentir o gosto. Aí sim, come-se mais um pedaço do acepipe junto com um pouco de cerveja e o segredo é sacar se a cerveja deixa o gosto da comidinha melhor e vice-versa. Se deixou, a harmonização foi perfeita. 😉

As 6 cervejas oferecidas na abertura da temporada 2015 da Confraria das Cervejas Especiais - Fotos: Divulgação

As 6 cervejas oferecidas na abertura da temporada 2015 da Confraria das Cervejas Especiais – Fotos: Divulgação

A primeira foi a HB Original, uma pilsen da Alemanha que veio acompanhada de mini salsichinhas de vitela. A cerveja é suave, mas não tem o gosto mais aguado daquelas mais populares que você compra no mercado. Ela é mais encorpada e oferece um ótimo início pra degustação.

A segunda vem da Inglaterra, é a Timothy Taylor’s Landlord e foi harmonizada com salada de frango, maçã e curry. Pra quem já foi pra Inglaterra, sabe que o curry é bem presente na culinária britânica, se é que ela existe por si só. Então a combinação dessa cerveja mais encorpada com o curry trouxe um sabor inglês perfeito.

A terceira foi a campeã pra maioria dos blogueiros presentes. A Itália, que não tem tanta tradição no ramo quanto com os vinhos, surpreendeu. A Bladin Isaac é um pouco mais suave, com sabor frutado, mas na medida certa, nada de muito enjoada não. Pra acompanhar, um canapé com antepasto de alcachofra. Essa foi a combinação dos deuses.

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

A quarta da lista foi um pouco mais difícil de engolir, em consenso geral. A belga Lindemans Kriek Cuvée René Grand Cru era bem forte e parecia um pouco com sidra. As mini carolinas com queijo e purê de damascos ajudaram a descer, mas é melhor que a Bélgica continue produzindo chocolates.

As penúltima era a Coronado Islander, dos Estados Unidos, que também era forte, mais amarga, mas com mais cara de cerveja. As mini batatas com chevre harmonizaram bem, assim como a última, Speakeasy Prohibition Ale, também estadunidense que foi harmonizada com mini pão sírio com vegetais grelhados. Essa combinação funcionou melhor, assim como as três primeiras e a cerveja era bem saborosa. O mais interessante da Speakeasy é a história dela, confirmada pelo sommelier de cervejas. Numa época em que vender cerveja era proibido nos EUA, ela era a única vendida, às escondidas. Por isso carrega a proibição em todos os seus rótulos e, claro, no nome.

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

Foto: Jonathan Padua / ExploraSampa

A vantagem de participar da Confraria Radisson Faria Lima de Cervejas Especiais é que, se você gostar de alguma delas, pode comprar sua garrafa ali mesmo, a preço promocional. Eu garanti a minha Bladin Isaac!

A curadoria do evento é feita por especialistas da Bier & Wein, importadora de cervejas especiais. Os encontros são bimestrais, rolam no hotel Radisson Faria Lima sempre das 19h às 21h e o convite dá direito a 150 ml de cada cerveja selecionada harmonizados com miniporção de acepipes. Os acepipes ficam por conta do restaurante Badebec, que procura trazer os gostos do país de origem de cada cerveja.

 

Radisson Faria Lima (reservar hospedagem)
Endereço: Avenida Cidade Jardim, 625 – Itaim Bibi
Estacionamento com manobrista cobrado à parte

Rafael Leick

Rafael Leick

Editor em ExploraSampa
Paulistano, publicitário e gerente de projetos. Morou em Londres, é fascinado por conhecer pessoas e considera viajar o melhor jeito de explorar a si mesmo. Até hoje, pôs os pés em 21 países e mais de 50 cidades, escreve sobre isso desde 2009 no Viagem Primata e em 2014 lançou o Viaja, Bi!.
Rafael Leick

6 Comments

  • Deb do Segredos de Londres

    / Responder

    Rafa,
    O post ficou MUITO bom!
    Me fez reviver o agradável evento no Radisson, provando cervejas de diferentes países e seus acepipes harmonizados, enquanto botava a conversa em dia com a turma blogueira e conhecia novos colegas.
    Para constar: minha preferida foi a primeira, a alemã.

    Espero tua visita la no Segredos!

    Beijão,
    Deb

    • Rafael Leick

      /

      Oi, Deb!
      Poxa, valeu pelo comentário e pelo elogio. 😉 O evento foi top mesmo! Me encantei pela vista, me imaginando naquela piscina! Hahaha
      Olha, só me surpreendeu você não ter escolhido a segunda, Landlord, tipicamente inglesa. Deve ser porque você já enjoou dos sabores de Londres, hein? Hahahaha brincadeira!
      Vou dar um pulo lá espiar esses segredos que Londres guarda! 🙂
      Bjs

    • Deb do Segredos de Londres

      /

      Hehe eu curti a cerveja inglesa, mas achei a alemã ainda melhor!
      Beijos e até a próxima, espero que em breve!

    • Rafael Leick

      /

      Eu também preferi a alemã. 🙂
      Mas ainda tô na ordem Itália > Alemanha > Inglaterra > EUA > Bélgica

  • Karen

    / Responder

    Muito legal! Como boa alemã adoro uma cervejinha! Abraços, Karen

    • Rafael Leick

      /

      Oie, Karen! Acho que você foi tendenciosa e escolheria a HB, hein! 🙂
      Brigadão pelo comentário! 😉
      Bjs

RESPONDER

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados ( obrigatório )