ExploraSampa
Você está aqui:  / Diversidade / São Paulo: muito mais do que o principal portão de entrada do Brasil

São Paulo: muito mais do que o principal portão de entrada do Brasil

Sampa é o maior portão de entrada no nosso país. Ok, isso não é novidade. Sabemos também que é o Estado mais bem servido em aeroportos, possui o maior do Brasil, conhecido como Aeroporto de Cumbica (GRU), além de ser o terminal mais movimentado de toda a América Latina. Além disso, temos o Aeroporto de Viracopos, localizado a 99 Km da capital, que é uma grande aposta para o futuro, mas já funciona a todo vapor. E, ainda, possuímos o Aeroporto de Congonhas, que é o terceiro mais movimentado do Brasil.

São Paulo é conhecido como um destino de negócios, o que não é mentira. As principais empresas do país possuem suas sedes instaladas aqui. Em São Paulo é onde o negócio acontece. E, só em Sampa, são realizados mais de 90 mil eventos por ano. Isso justifica o alto investimento das redes hoteleiras na capital paulista. Não é à toa.

O turismo em São Paulo, apesar de levantar a bandeira de ser um destino de negócios, é bem diversificado. O Ministério do Turismo realizou uma pesquisa, em 2014, sobre o fluxo de turistas em Sampa, os dados são interessantes:

Motivo predominante da viagem:

  • Negócios (51,2%)
  • Eventos (22,3%)
  • Lazer (11,3%)
  • Estudos (7,3%)
  • Saúde (3,3%)
  • Visita a parentes e amigos (2,8%)
  • Outros (1,8%)

 

Ainda seguindo os dados da pesquisa, São Paulo recebeu aproximadamente 15,08 milhões de visitantes em 2014, entre os que vieram a negócios e/ou lazer e que se hospedaram na cidade. O ganho estimado dessa brincadeira foi de R$ 11,3 bilhões. Outro dado interessante é o tempo de permanência dessa galera em terras paulistas, a média de turistas internacionais é de 8,3 dias, enquanto dos turistas nacionais é de 4,4 dias.

E já que estamos falando de números, vale citar também os principais eventos de São Paulo, com seus respectivos números de visitantes:

  • Virada Cultural – 4 milhões
  • Parada Gay – 3 milhões
  • Réveillon na Paulista – 2 milhões
  • Salão do Automóvel – 750 mil
  • Bienal do Livro – 800 mil
  • Bienal Internacional de Arte – 535 mil
  • Salão Duas Rodas – 260 mil
  • Mostra Internacional de Cinema – 200 mil
  • GP Brasil de Fórmula 1 – 150 mil
  • Carnaval – 120 mil
  • SP Fashion Week – 100 mil
  • Couromoda – 80 mil
  • Hospitalar – 90 mil
  • Hair Brasil – 80 mil
  • Feira APAS – 75 mil
  • Adventure Sports Fair – 54 mil
  • Fispal Food Service – 60 mil
  • Fenatran – 60 mil
  • Equipotel – 50 mil
  • São Paulo Indy 300 – 46 mil

 

São Paulo: o melhor destino do Brasil

Vale lembrar também que Sampa foi eleita pelo TripAdvisor, em 2014,  como o melhor destino do Brasil, superando Rio de Janeiro, eleito em 2013. O prêmio Travelers Choice Destinos 2014 levou em consideração a quantidade e qualidade de hotéis, restaurantes e atrações ao longo de 12 meses, ou seja, o que a cidade oferece em 1 ano. São Paulo também está no topo da lista das 12 cidades brasileiras no ranking das 25 melhores da América do Sul. A cidade é muito bem-vista pelos turistas e merece, ainda, ser muito mais explorada.

O objetivo deste post não é intitular São Paulo como a melhor cidade do Brasil, muito menos querer defender que Sampa seja o melhor destino o país. A intenção é mostrar que São Paulo é além de uma porta de entrada e muito mais que um destino de negócios.

Rafael Kosoniscs

Editor em ExploraSampa
Paulista, publicitário, sócio da icone4 comunicação e responsável pelo blog Seu Mochilão. É viciado em viagem de mochilão — seja em cidades ou em meio à natureza. Sonha em dar a volta ao mundo e escrever um livro.

RESPONDER

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados ( obrigatório )